sexta-feira, 11 de maio de 2018

PMPE: POR QUE A TROPA SOFRE TANTO DESCASO?

Boa tarde Guerreiros! Estamos de volta.

Peço desculpas aos meus seguidores pela ausência, mas por orientação de meu advogado e evitar mais processos e perseguições, a ausência foi necessária. 

Passado os recursos administrativos, todos INDEFERIDOS, recorremos ao judiciário, que esperamos ser imparcial e justo para que eu volte a usar a tão valorosa farda da PMPE, como sabem estou na condição de perseguida politicamente e excluída da PM, mas continuando na mesma condição de luta e busca pelos direitos dos policiais e bombeiros militares.
ISSO "ELES" NÃO ARRANCARÃO DE MIM!

Quem acompanha minha luta, lembra que eu me uni a Joel da Harpa em 2014 para buscarmos valorização para os policiais e bombeiros de Pernambuco, acreditei em sua proposta de luta e por isso o apoiei com afinco e dedicação.

Infelizmente, findando a campanha a deputado estadual de 2014, percebi que a luta de Joel não era pelos policiais e bombeiros, e sim pelo poder e dinheiro, motivo pelo qual me afastei e pensei em apoiar Cel.Conceição, -que também esteve lutando conosco em 2014, sendo a única OFICIAL DA PM a ter coragem de subir num trio e pedir valorização para os praças a época - e assim o faria, apoiaria se a mesma não tivesse divulgado o áudio de uma ligação, onde expus meu pensamento de apoiá-la por ser merecedora, com o único intuito de me prejudicar e "derrubar" seu concorrente eleitoral, Joel da Harpa; Achei a postura dela indigna e indecente para alguém que queria representar a tropa, então desisti de apoiá-la. 
Michelle Siqueira
Enfim, Joel da Harpa ganhou as eleições, e como eu previa, não foi o representante que esperávamos, apresentou projetos sabendo que eram inconstitucionais e que jamais seriam aprovados (só o governador pode apresentar projetos que gastem dinheiro do estado), deixando a tropa carente de Leis que a protegesse e beneficiasse. 
Joel da Harpa
O referido deputado quando deveria estar na reunião com os coronéis e governo,
onde se discutia o Projeto de Reajuste Salarial dos policiais e bombeiros de Pernambuco, esquivou-se, mesmo sabendo que APENAS as associações foram impedidas de participar, sendo ele deputado e representante da categoria tinha o DIREITO E OBRIGAÇÃO de participar e apresentar projetos, inclusive "esbravejar" para que os INATIVOS tivessem seus direitos garantidos e receberem reajuste salarial como os ativos, no entanto estava em cima de um trio, dando entrevistas para a TV e Rádio, fazendo vídeos para facebook e whatsapp, motivo pelo qual toda categoria foi prejudicada, hoje os inativos não receberão reajuste salarial e não existe lei que os acoberte nesse sentido, ficando à mercê da boa vontade do governo.

Sem esquecer que o soldado recebeu R$ 120,00 de reajuste e o coronel recebeu R$ 11.000,00 isso mesmo, onze mil reais.

Agora respondam, se a PM e BM tivessem representante de fato, isso teria ocorrido?

Mas não podemos desistir de LUTAR!

Ainda temos chance de mudar a história, ainda teremos uma polícia e bombeiro valorizados, bem equipados, seguros e recebendo um salário DIGNO que possa dar uma vida melhor para suas famílias.

Nossa tropa é composta de homens aguerridos e corajosos que LUTAM CONTRA A CRIMINALIDADE todos os dias para manter a sociedade segura!

#MERECEMOS UM REPRESENTANTE GUERREIRO COMO NÓS!




Deixe sua opinião:

Um comentário:

  1. Desculpe me mas a tropa maioria gosta de sofrer pois está aí para os
    inativos uma tal de Guarda patrimonial e para os ativos um tal de pjes
    enquanto isso durar o governo não tá nem aí para classe polícial vai um
    velho ditado quem têm besta não precisa comprar cavalo....

    ResponderExcluir

O que você achou da matéria?
Deixe o seu Comentário, Crítica, Elogio ou Sugestão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...