terça-feira, 15 de maio de 2018

PMPE: POR QUE OS POLICIAIS SÃO TÃO DESVALORIZADOS PELO GOVERNO DE PERNAMBUCO?

BOA TARDE GUERREIROS!!

Algumas pessoas tem a falsa ideia de que sou apenas mais uma revoltada com o sistema, sou também, como sou forte o suficiente para fazer chegar até as autoridades e sociedade, a vida dura dos policiais e bombeiros militares, a falta de valorização e humanidade com essa classe tão honrosa. 
Michelle Siqueira
Homens que enfrentam o crime, e muitas vezes não
retornam ao seio de seu lar, que precisam trabalhar em suas folgas, o conhecido PJES, para aumentar um pouco o salário e dar conforto à família, sem, muitas vezes, aproveitá-lo em suas folgas; Os policiais e bombeiros tem o direito de estar ao lado de pessoas que amam, ter vida social, e também ao lazer, também são cidadãos que pagam impostos, mas trabalham como escravos. A lei Áurea, que libertou os escravos, foi assinada em 1888.

Vejo que nossa voz - a voz da tropa, está sendo ouvida, após o movimento de 2014 que culminou na paralisação dos policiais e bombeiros de Pernambuco, a PMPE e CBMPE tem realizado cursos internos para promoções, mais de 6 mil policiais e bombeiros promovidos, o governo do estado rediscutiu o plano de cargos e carreiras - se não foi o que esperávamos, nossos representantes, que estavam presentes em toda negociação, falharam - abriu mesa de negociação para reajuste salarial. 

O projeto de auxílio transporte e fardamentos de abril de 2016, ganho de mais duas gratificações na folha de pagamento dos ativos e inativos, foi apresentado e elaborado por mim, com a assistência jurídica, sagaz, de Dr.Rodrigo Scholz, e mesmo eu não fazendo parte das associações, o projeto foi aceito pelo governo, hoje é lei, demostração de que existia vontade, por parte do governo, em negociar benefícios para a tropa, à época. 

No final do ano de 2016 os coronéis reabriram a mesa de negociações com o governo e convidaram as associações, no entanto um dos representates da PM, gravou um vídeo desrespeitoso e logo em seguida todas as associações foram impedidas de participar das negociações, daí os gritos, desrespeitos, quebra de hierarquia, dedo na cara de coronel através de vídeos foram constantes por parte da ACS, mais precisamente na pessoa do presidente. 

As portas se fecharam para a tropa na negociação de reajuste salarial, o que se viu por diante foram, exclusões de pais de família inocentes, transferências de policiais para batalhões até 500 Km de distância da residência -esse último caso foi com uma policial FEMININA, que sequer estava no país nos dias das reuniões na praça do Derby- foram tantas injustiças que sequer posso enumerar, a ira do governo CONTRA o representante desrespeitoso e tropa inocente, que só buscava seu direito de reivindicar um salário mais humano e justo, tamanha sua árdua missão. 

Mas ainda temos chances, este é o ano da mudança, o ano de mudarmos nossos representantes, digo, em todos os poderes. 

#TROPA VALORIZADA, SOCIEDADE SEGURA!




Deixe sua opinião:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou da matéria?
Deixe o seu Comentário, Crítica, Elogio ou Sugestão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...