quarta-feira, 25 de maio de 2016

PRISÃO DE POLICIAL DE PE: EM NOTA A ASPRA - ASSOCIAÇÃO DE PRAÇAS DE PE REPUDIA ATO DO CORREGEDOR


Em nota a ASPRA Associação de Praças de Pernambuco repudia ato da Corregedoria que autuou Policias que saíram da área de atuação para efetuarem refeição.

Vejam o texto da matéria do NE10
Quatro policiais lotados no 16º BPM, foram presos acusados de terem saído da rota de trabalho na noite desta terça-feira (24). De acordo com a polícia militar, o código disciplinar tipifica essa conduta como gravíssima e cabe sanção penal para todos os envolvidos. Os PMs foram levados à Corregedoria para prestar esclarecimentos e alegaram que tinham ido jantar. Em seguida, todos foram atuados por desobediência e abandono de posto e encaminhados ao Centro de Reeducação da Polícia Militar (Creed).


Após o fato citado acima a ASPRA solta Nota de Repúdio:



"A Associação de Praças de Pernambuco (ASPRA - PE) vem a público repudiar as ações da Corregedoria.


Afinal, qual o objetivo da Corregedoria? Desestabilizar os policiais militares?
Pais e mães de família estão sendo presos, humilhados. Enquanto o governador Paulo Câmara quer os policiais na rua combatendo a marginalidade, o corregedor Servilho Paiva quer os policiais no presídio.

De uma hora pra outra, a Corregedoria resolveu retirar viaturas das ruas, bem como seus integrantes, sem que haja a comprovação de cometimento de crime. É por esses e outros motivos que o Pacto pela Vida está em total descrédito. 
Coisas absurdas estão acontecendo com aqueles que defendem, diuturnamente, a sociedade da marginalidade.

"Nós policiais não somos bandidos! Quem deve ser autuado em flagrante e preso, são aqueles que cometem crimes. Então parem de prender nossos policiais", questiona o presidente da ASPRA - PE, José Roberto Vieira.
José Roberto- Presidente da ASPRA-PE
Para ele, a medida em que ele bota um policial atrás das grades , é um policial a menos nas ruas para proteger a Sociedade.
Isso é constrangedor! A categoria está revoltada com as atitudes deste gestor que tira proveito de um regulamento arcaico, ultrapassado. A ASPRA - PE vai cobrar maior celeridade na mudança do Código Disciplinar.

Tais fatos comprovam cada vez mais o quanto o Código Disciplinar é arcaico e inadequado, necessitando de uma urgente reformulação e que vem sendo empurrada com a barriga há anos. Chega de tanto abuso de autoridade! 
A ASPRA - PE exige respeito com os Policiais e Bombeiros Militares de Pernambuco".

Nota da autora do Blog:

O Blog Michelle Siqueira se solidariza com os companheiros que estão sendo injustiçados dentro da Polícia Militar de Pernambuco e espera que as estidades representativas tomem medidas para evitar tais fatos e não apenas remediar.
Deve-se se de fato reformular o Código Disciplinar dos Militares do Estado, CDME, lei 11.817 de 24 de julho de 2000 para que tais injustiças não continuem ocorrendo dentro da Corporação.



Deixe sua opinião:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou da matéria?
Deixe o seu Comentário, Crítica, Elogio ou Sugestão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...