domingo, 4 de outubro de 2015

CONCURSO PMPE: DIVULGADO O NOVO TAF (TESTE DE APTIDÃO FÍSICA) PARA O INGRESSO NA PMPE


Foi publicado no último dia 30 de setembro no Suplemento Normativo Nº038 da PMPE , o novo teste de aptidão física para quem tem interesse em participar do processo seletivo para o ingresso na PMPE, a novidade se dá por conta da natação, antes exigida apenas para quem fizesse o TAF para ingresso no Bombeiro Militar,as demais modalidades continuam as mesmas; para quem vem treinando com assiduidade, as provas são razoáveis, entretanto é necessário a presença de um especialista em educação física sempre, para que não haja nenhum tipo de lesão no candidato, prejudicando, assim, seu desempenho nos dias das provas.
Muitos candidatos já viram seus sonhos frustrados por conta de uma lesão, fato que poderia ser evitado se tivessem o acompanhamento de um profissional especializado. 
Indico o
Soldado Dyego Agá, da CIOE ( polícia de elite de PE ) que tem conhecimento específico e poderá orientar bem o candidato para que obtenha êxito nas provas. 

BOA SORTE GUERREIROS!!



VEJAM A PORTARIA NORMATIVA DO COMANDANTE GERAL QUE ALTERA O TAF:


ESTADO DE PERNAMBUCO
POLÍCIA MILITAR
QUARTEL DO COMANDO GERAL
QUARTA-FEIRA - RECIFE, 30 DE SETEMBRO DE 2015 - SUNOR Nº G 1.0.00.038

---------------------------------------------------------------------------------
SUPLEMENTO NORMATIVO
Para conhecimento desta PM e devida execução, publico o seguinte:

                                         1ª P A R T E

I Leis e Decretos
(Sem Alteração)

                                         2ª P A R T E

II Normas Internas

1.0.0. PORTARIA NORMATIVA DO COMANDO GERAL
N° 200, de 28 SET 2015

EMENTA: Aprova o novo Teste de Aptidão Física para Concurso Público visando ingresso na Polícia Militar de Pernambuco.

O Comandante Geral, no uso de suas atribuições previstas no Decreto nº 10.932, de 08 NOV 85 e suas alterações, objetivando disciplinar o Teste de Aptidão Física no âmbito dos concursos públicos, visando ingresso na Corporação e considerando a necessidade de padronizar e regulamentar os critérios a serem adotados para a realização do Teste de Aptidão Física, mediante estudos e testes experimentais realizados e nova proposta apresentada pelo Centro Valorização Integral do Policial Militar (CVIPM).
R E S O L V E:

I - Aprovar as normas para o Teste de Aptidão Física para Concurso Público, que com esta baixa.
II - Determinar que o referido Teste de Aptidão Física passe a ser adotado para os Concursos Públicos que visem o ingresso na Corporação.
III - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, ficando revogadas as disposições em contrário. 

NORMAS DO TESTE DE
APTIDÃO FÍSICA PARA CONCURSO PÚBLICO
VISANDO INGRESSO NA PMPE

1. DA APRESENTAÇÃO
1.1- As presentes normas estabelecem parâmetros e critérios para a realização do Teste de Aptidão Física para Concursos Públicos, visando o ingresso na Polícia Militar de
Pernambuco, de acordo com o estabelecido nos respectivos programas de concurso.
1.2- O Teste de Aptidão Física, a que se referem estas normas será aplicável para o sexo masculino e feminino, conforme provas estabelecidas para cada caso.
2. DAS PROVAS COMPONENTES DO TAF
2.1- O teste de aptidão física será composto por 05 (cinco) provas:
1ª. Natação 50 metros
2ª. Flexão na barra fixa
3ª. Salto em distância
4ª. Abdominal com pernas flexionadas
5ª. 2.400 metros
2.2- O teste deverá ser realizado em 02 (dois) dias consecutivos. As três primeiras provas no primeiro dia e as demais no dia subsequente. Em nenhuma hipótese as provas devem ser realizadas no mesmo dia.
2.3- A ordem das provas deverá ser rigorosamente a estabelecida no item 2.1 destas normas.
3. DOS ÍNDICES
3.1- Nos concursos públicos para ingresso na PMPE, o candidato será obrigado a
obter, por prova, os índices mínimos abaixo especificados:

MASCULINO
PROVA
ÍNDICE
1. Natação 50 metros
Máximo de 01 minuto e 00 segundos
2. Flexão na barra
Mínimo de 05 repetições
3. Salto em distância
Mínimo de 03 metros e 60 centímetros
4. Abdominal
Mínimo de 40 repetições
5. 2400 m
Máximo de 11 minutos e 30 segundos

FEMININO 
PROVA
ÍNDICE
1. Natação
Máximo de 01 minuto e 10 segundos
2. Flexão na barra
Mínimo de 25 segundos em flexão (isometria)
3. Salto em distância
Mínimo de 02 metros e 80 centímetros
4. Abdominal
Mínimo de 36 repetições
5. 2400 m
Máximo de 13 minutos e 30 segundos


3.2- Será considerado inapto e consequentemente reprovado no teste, o candidato
que não obter o índice mínimo em qualquer prova. Será considerado apto, e,
consequentemente aprovado no teste, o candidato que obter índice mínimo em todas as provas.
4. DA EXECUÇÃO DAS PROVAS DO TESTE DE APTIDÃO FÍSICA
4.1 – NATAÇÃO 50 METROS
4.1.1 - CONDIÇÕES DE EXECUÇÃO
- O teste será realizado em uma piscina de 50 m, nado livre. Os candidatos deverão
apresentar-se com trajes apropriados à atividade, maiô (peça única) para as mulheres e sunga
para os homens, não poderão utilizar quaisquer equipamentos que os favoreçam durante o
teste, exceto os seguintes: touca, óculos, protetor auricular e clip nasal, que serão opcionais.
Em nenhum momento será autorizado ao candidato: utilizar as raias para seu deslocamento, ou
mesmo para se apoiar (descansar), e impulsionar com os pés ou mãos as bordas ou o fundo da
piscina (exceto no início do teste), nestes casos os candidatos serão desclassificados. Posição
inicial: o candidato poderá iniciar o teste fora ou dentro da piscina e, neste último caso, poderá
utilizar a parede da piscina para dar impulso inicial, Início do teste: será comandado “atenção
candidatos”, “as suas marcas”, e então será acionado um silvo curto de apito, quando todos
deverão iniciar o teste. Término do teste: será considerado concluído quando o candidato tocar
com qualquer parte do corpo a borda de chegada da piscina.
4.2 – FLEXÃO NA BARRA FIXA
4.2.1 - CONDIÇÕES DE EXECUÇÃO
- Esta prova não terá limite de tempo, devendo ser realizada a quantidade mínima
na tabela respectiva. A barra deverá ter aproximadamente 2 (duas) polegadas de diâmetro. Para
o candidato do sexo masculino, a partir da posição inicial, dependurado na barra com os
braços estendidos, deverá realizar a flexão ultrapassando a linha do queixo acima da linha
superior da barra, retornando à posição anterior. A cabeça deverá ficar na posição normal
(olhando para frente). As mãos deverão estar em pronação (polegares apontando para dentro).
Durante a execução, deve-se manter o corpo retesado, como se houvesse uma linha reta
partindo do calcanhar até o ombro, não sendo permitido balanceios, flexionar os joelhos e
cruzar as pernas. Para a candidata do sexo feminino, a partir da posição inicial, dependurada
na barra, realizará uma flexão ultrapassando a linha do queixo acima da linha superior da
barra. Nesta posição deverá permanecer o tempo mínimo exigido, devendo retornar à posição
inicial, para só depois retirar-se da barra. A cabeça deverá ficar na posição normal (olhando
para frente). A posição das mãos poderá ser em pronação. Para a realização da flexão inicial, a
candidata poderá solicitar o auxílio do avaliador. Só a partir da tomada de posição de flexão
acima da linha superior da barra é que será acionado o cronômetro. Durante a execução, devese
manter o corpo retesado, como se houvesse uma linha reta partindo do calcanhar até o
ombro, não sendo permitidos balanceios, flexionar os joelhos e cruzar as pernas.
4.3 – SALTO EM DISTÂNCIA
4.3.1 - CONDIÇÕES DE EXECUÇÃO
- Para esta prova, poderá ser utilizada qualquer técnica ou estilo, devendo a
impulsão ser realizada com apenas uma das pernas. A medição da distância será feita a partir do último contato com a área de impulsão até o local da queda, não sendo obrigatória a impulsão exatamente antes ou em cima da tábua de impulsão (quando existir). Entretanto o ponto de impulsão deverá ser feito antes da caixa de salto. Cada executante poderá realizar esta prova em três tentativas, devendo ser registrado o salto válido com maior índice. A marcação do salto deverá ser feita do início da caixa de salto ao ponto de queda, devendo ser considerada a parte do corpo mais próxima do ponto de início da marcação, que tocar a área de teste, no momento da queda.
4.4 – ABDOMINAL COM PERNAS FLEXIONADAS
4.4.1 - CONDIÇÕES DE EXECUÇÃO
- Partindo da posição de decúbito dorsal, as pernas devem estar flexionadas com joelhos em um ângulo de aproximadamente 45°, os antebraços cruzados sobre a face anterior do tórax e as palmas das mãos ficam sobre a face anterior dos ombros. Os pés ficam colocados um ao lado do outro com a abertura próxima à dos ombros. Os pés são seguros por outra pessoa da comissão de avaliação para mantê-los em contato com a área de teste, com as plantas dos pés voltadas para baixo e as mãos devem permanecer em contato com os ombros durante toda a execução. A partir da posição inicial, acima descrita, realiza-se um movimento
de contração da musculatura abdominal, elevando o tronco ao mesmo tempo em que se eleva os braços até o nível em que ocorra o contato dos cotovelos com as coxas, sendo considerado da metade da coxa até os joelhos e depois retorna à posição inicial, até que toque a área de teste pelo menos com a metade superior das escápulas (parte superior das costas). Durante a realização do exercício, o executante deverá fixar o olhar a frente e evitar tensão no pescoço, mantendo-o mais relaxado possível. Deve-se realizar este exercício em um local confortável, como colchonete, tatame, gramado ou outros.
4.5 – CORRIDA DE 2400 METROS
4.5.1 - CONDIÇÕES DE EXECUÇÃO
- Será realizado com partida livre, podendo o executante, eventualmente, também caminhar durante a prova. A partir do início da prova não será permitido sair da pista, até a conclusão do percurso. Caso não conclua a prova, será atribuída nota 0 (zero). A tomada de tempo deverá ser feita através de cronômetro ou relógio digital em minutos e segundos.
5. DAS PRESCRIÇÕES DIVERSAS
5.1- Somente por motivo de força maior, a critério do órgão responsável pelo exame, as provas previstas para 01 (um) dia poderão ser suspensas, devendo ser realizadas em data posterior, mantidas válidas todas as provas já realizadas.
5.2- Somente será julgado apto e aprovado no teste físico o candidato que realizar todas as provas previstas e obtenha o índice mínimo exigido em todas elas.
5.3- O candidato que deixar de realizar qualquer prova ou que não atinja o índice mínimo previsto, será julgado inapto e, em consequência, reprovado no teste físico.
5.4- Para os concursos públicos visando o preenchimento de vagas exclusivas a candidatos com formação em nível superior, tais como médicos, enfermeiros, veterinários,
etc., os quais serão submetidos ao Estágio de Adaptação de Oficiais de Saúde (EAOS), o TAF será compostos pelas seguintes provas e índices:

MASCULINO
PROVA ÍNDICE MÍNIMO
1. Flexão na barra Mínimo de 02 repetições
2. Abdominal Mínimo de 30 repetições
3. 2400 m Máximo de 13 minutos e 50 segundos
FEMININO
PROVA ÍNDICE MÍNIMO
2. Flexão na barra Mínimo de 10 segundos em flexão
2. Abdominal Mínimo de 24 repetições
3. 2400 m Máximo de 16 minutos e 50 segundos
5.5- Os testes deverão ser realizados em local aberto e apropriado, devendo ser filmados e as fitas encaminhadas, em apenso, juntamente com os resultados à Seção de Recrutamento e Seleção para providências e arquivamento a fim de serem utilizadas nos casos de recursos.
5.6- Não será permitido o uso de meios, peças, equipamentos ou artifícios que visem à melhoria do desempenho do candidato, tais como: sapatilha de prego, ajuda de pessoas alheias ao teste ou de outro candidato, acompanhando, por exemplo, durante a corrida ou de outra forma que caracterize ajuda externa.
5.7- Poderá ser realizado, por amostragem, exame antidoping com os candidatos.
5.8- Será desclassificado o candidato que deliberadamente provoque em outro candidato, prejuízo na realização dos testes, que comprometam o seu resultado.
5.9- Os casos omissos serão decididos pelo Comandante Geral, com o devido assessoramento técnico da Diretoria Ensino Instrução e Pesquisa e do Centro de Valorização
Integral do Policial Militar.

ALEXANDRE FREITAS FERREIRA - TC QOPM
Ajudante Geral




Deixe sua opinião:

7 comentários:

  1. Estou muito ansiosa para fazer o concurso da PMPE, fiquei um pouco mal agora em saber sobre a natação, não sei nadar e nunca fiz natação, além de treinar o físico, estudar para a prova subjetiva e objetiva, terei mais essa preocupação agora :/

    Débora Bandeira

    ResponderExcluir
  2. Boatos no 4º BPM que esse ano não vai ter flexão na barra para o concurso da PMPE 2016, procede??

    ResponderExcluir
  3. Não vejo a hr de sair o edital mais esse prova de natação me deixo mal kkk não sei nadar :/

    ResponderExcluir
  4. Michele no novo edital não vem falando se pode usar oculos no nado você acha que ainda pode??

    ResponderExcluir
  5. Amigo, no Suplemento Normativo, publicado no dia 29 de fevereiro de 2015, não poderão utilizar quaisquer equipamentos que os favoreçam durante o
    teste, EXCETO OS SEGUINTES: touca, óculos, protetor auricular e clip nasal, que serão opcionais.

    OU SEJA

    PODE SIM UTILIZAR ÓCULOS DE NATAÇÃO

    ResponderExcluir
  6. Não sei pq almentar a distancia do pulo,poderia deixar como 2009,já que acrescentou a natação!

    ResponderExcluir
  7. EU ACREDITO EM UMA POSSIVEL SEGUNDA CHAMADA PARA O TAF, MUITA GENTE DESPREPARADA QUE PASSOU NA PROVA MAS NÃO TEM CONDIÇOES FISICAS DE FAZER O TAF SEM CONTAR AS PESSOAS QUE APENAS FIZERAM POR EXPERIENCIA A PROVA DA PMPE

    ResponderExcluir

O que você achou da matéria?
Deixe o seu Comentário, Crítica, Elogio ou Sugestão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...