sábado, 5 de setembro de 2015

PAGAMENTO PARCELADO:POLICIAIS RECEBEM DOAÇÕES DE CESTAS BÁSICAS NO RS

Um grupo de cerca de 20 mulheres, esposas de PMs, bloqueia desde as 6h o portão principal do 15º Batalhão de Polícia Militar (BPM), em Canoas.
O Comando Regional de Polícia Ostensiva Central no Rio Grande do Sul, com sede na cidade de Santa Maria, tem recebido doações de cestas básicas de pessoas que se sensibilizam com dificuldades enfrentadas por policiais que tiveram novamente os salários parcelados. A intenção é de que os alimentos sejam distribuídos a quem mais precisa.

Um documento redigido pelo gabinete de Comunicação do CRPO-C foi enviado a todas as unidades da Brigada Militar da região na terça-feira (2) com pedido de levantamento dos soldados que passam por mais dificuldades de comprar alimentos para a família,
e que gostariam de receber as cestas básicas dos voluntários. Depois das confirmações, os kits são entregues.

Salário parcelado em quatro vezes

Em pronunciamento na segunda-feira (31), no Palácio Piratini, José Ivo Sartori confirmou o parcelamento dos salários dos servidores estaduais e detalhou o cronograma de pagamentos, em quatro parcelas.

Além dos R$ 600 já depositados, mais R$ 800 serão pagos até o dia 11 de setembro. Já no dia 15 está programado o crédito de R$ 1.400. A parcela complementar para quem ganha acima de R$ 2.800 será creditada até dia 22.

Revolta e greve de servidores

A medida causou indignação e motivou protestos. Ainda segunda (31), os servidores iniciaram uma greve de quatro dias.  A paralisação, que afeta serviços essenciais como educação e segurança, tinha previsão de ser encerrada nesta quinta-feira, porém algumas categorias já estenderam o período de parada.

Os professores estaduais seguem em greve até o dia 11, e os agentes penitenciários até esta sexta-feira (4).

A Federação Sindical dos Servidores Públicos no Rio Grande do Sul (Fessergs) estima que 100 mil servidores tenham aderido à paralisação. Professores, policiais civis e militares e agentes penitenciários foram os que mais participaram do movimento até agora. Um novo ato está marcado para esta quinta (3) em frente ao Palácio Piratini, sede do governo gaúcho.

Fonte: G1 RS


Deixe sua opinião:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou da matéria?
Deixe o seu Comentário, Crítica, Elogio ou Sugestão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...