quinta-feira, 21 de maio de 2015

ADEPPE: DELEGADOS EXPÕEM INDIGNAÇÃO COM SECRETÁRIO DE DEFESA SOCIAL, ALESSANDRO CARVALHO

A Associação dos Delegados de Polícia do Estado (ADEPPE) vem, por meio desta nota, expor sua indignação com as palavras do Secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, em entrevista concedida ao programa “Cidade Viva”, do Portal NE10, na tarde desta quarta-feira (20), ao afirmar que um Delegado de Polícia recebia, em 2006, um salário de R$ 5,7 mil e que, hoje, o valor é de R$ 16 mil.

A ADEPPE ressalta que o último edital para o concurso de Delegado de Polícia de Pernambuco, que se encontra suspenso por ilegalidade no processo de licitação, apresentava um salário bruto de R$ 9 mil, sendo, em valor líquido, menor que R$ 6 mil. Salário este em Pernambuco que corresponde ao salário inicial em outros estados brasileiros, que, sem as gratificações temporárias, não chega sequer em um valor próximo ao que disse o secretário Alessandro Carvalho.

Os Delegados ficaram indignados com as palavras do Secretário de Defesa Social, questionando os números apresentados por ele, pois, hoje, vergonhosamente, a categoria recebe o pior salário do Brasil e sobrevive em jornadas extraordinárias ilegais. “Talvez a consultoria que o Secretário precise contratar seja uma especializada na valorização e respeito ao servidor público policial”, disse o presidente da ADEPPE, Francisco Rodrigues.

A Assembléia Geral Extraordinária da classe está agendada para o dia 28 deste mês, podendo, ainda, ser antecipada diante do descontentamento crescente com as remoções indevidas, a ausência de condições de trabalho e de policiais e a postura incoerente e propagandística do Governo do Estado.

Michelle Siqueira Comenta...

Lendo a nota da ADEPPE onde os delegados deixam claro a insatisfação com os baixos salários e reiteram que " vergonhosamente, a categoria recebe o pior salário do Brasil e sobrevive em jornadas extraordinárias ilegais." vemos que não só os Policiais Militares são DESVALORIZADOS no Estado de Pernambuco, como também os delegados, agentes da Polícia Civil entres outros profissionais de segurança pública, aí me vem a pergunta: Por que a SEGURANÇA PÚBLICA É TÃO ESQUECIDA NO ESTADO DE PERNAMBUCO? Por que em outros estados os profissionais de segurança são valorizados e tem um plano de Cargos e Carreiras DIGNO onde o policial não é humilhado por mais de 25 anos na mesma função?
Onde sabemos que em Pernambuco o Policial só consegue uma promoção quando na passagem para a reserva,sentindo-se incapaz e sem motivação por toda sua carreira militar, trazendo dessa forma baixo rendimento e consequentemente clocando em risco a segurança da sociedade Pernambucana.
Devido ao Movimento da tropa no ano passado ( 2014 ) o Governador tentou reparar algumas injustiças de muitos anos com algumas promoções ( 5.486 ) , entretanto estas não foram suficientes para eliminar tais injustiças, onde muitos policiais que também tem mais de 25 anos não conseguiram promoção e outros com mais de 10 anos também ficaram de fora do processo. Isso demonstra que ainda há muito por se fazer para que as injustiças sejam corrigidas para que um dia possamos dizer: TRABALHAMOS NUMA INSTITUIÇÃO DIGNA E JUSTA!!





LEIAM TAMBÉM...

Deixe sua opinião:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou da matéria?
Deixe o seu Comentário, Crítica, Elogio ou Sugestão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...