domingo, 15 de março de 2015

FORA DILMA: PROTESTOS EM TODO BRASIL REÚNE MAIS DE MEIO MILHÃO DE PESSOAS CONTRA A CORRUPÇÃO



Uma multidão se concentrou hoje (15/03) na avenida Boa Viagem, Zona Sul do Recife, nesta manhã contra
a corrupção e pedindo o Impeachment da Presidente.



As pessoas protestaram contra o Governo da presidente Dilma Rousseff (PT), devido a Operação Lava Jato, que investiga lavagem de dinheiro e evasão de divisas na Petrobrás. O ato ocorreu em várias capitais do País.


Aqui em Recife com gritos de “Fora Dilma” e pedidos de impeachment da presidente, uma multidão de pessoas se concentrou e caminhou com camisas verdes e amarelas, cantando o hino nacional e as caras pintadas, marcas do protesto contra o presidente Fernando Collor em 1992,onde foi afastado da presidência depois de denúncias, o povo revoltado também foi às ruas pedir seu Impeachment.



Assim como as manifestações de junho de 2013, os protestos ocorreram em 153 municípios do País,iniciado pelas redes sociais. Neste domingo, as pessoas
que participaram do ato reclamaram dos reajustes fiscais realizados pela presidente Dilma Rousseff e, principalmente, pelo esquema de corrupção da Petrobrás, na qual dezenas de políticos devem ser investigados pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Alguns protestantes também pediram uma nova intervenção militar no País. O argumento é alvo de muita polêmica.

“Vivemos em uma ditadura comunista, por isso sou a favor da intervenção militar”, disse um dos manifestantes presentes no protesto em Boa Viagem, Alfredo Cambuim.


Durante o protesto, um trio elétrico chegou a tocar a música “Pra não dizer que falei de flores”, de Geraldo Vandré. A canção é considerada um hino contra a ditadura militar que ocorreu no País entre os anos de 1964 e 1985.

De acordo com o tenente coronel Adalberto Freitas, que comandou o policiamento durante o protesto em Recife, cerca de 8 mil pessoas estiveram presentes em Boa Viagem e 1.500 no Centro do Recife. A manifestação começou oficialmente às 9h.


Os manifestantes com cara pintada de verde e amarelo, panelas nas mãos, fizeram apitaço. Os gritos de “Fora Dilma” e “Foram PT” eram os mais ecoados pelos protestantes.



JÁ NO RIO DE JANEIRO...


O mecânico Rogério Martins, que passava de bicicleta pela Avenida Atlântica, com uma bandeira vermelha enrolada no pescoço foi hostilizado, agredido e expulso do local por manifestantes que participam de ato contra a presidente Dilma Rousseff na orla de Copacabana, na zona sul do Rio.


Depois de ser empurrado e cair da bicicleta, o mecânico foi cercado por policiais, que o escoltaram até uma rua transversal. Chamado de “ladrão” e “comunista”, Martins não reagiu às agressões.

Um manifestante com a camisa da seleção brasileira tentou arrancar sua bandeira vermelha, com o símbolo do Movimento Nacional de Luta pela Moradia. Um policial que estava ao lado impediu e a devolveu para o mecânico, que guardou a bandeira na pochete.

“Eu não fiz nada e tentaram me espancar”, disse Martins, antes de deixar o local de bicicleta.

No final do ato, os 39 mil manifestantes deram parabéns à Polícia Militar. "Eles são responsáveis por manter a ordem, já que nós somos pacíficos", afirmou Marcello Reis, que considerou o evento "um sucesso".

JÁ EM SÃO PAULO...

Em São Paulo, a estimativa do número de manifestantes é a mesma para a PM e para os organizadores: 240 mil pessoas.


NA CAPITAL DO PAÍS...

Em Brasília cerca de 50 mil pessoas lotaram a esplanada dos ministérios gritando " FORA DILMA" e pedindo um basta na corrupção que assola o país.











Deixe sua opinião:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou da matéria?
Deixe o seu Comentário, Crítica, Elogio ou Sugestão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...